Acentuação Gráfica

  • Imagens da Aula
  • +
  • +
  • Curso

Captura de tela em 2013-11-04 15:01:29

Captura de tela em 2013-11-04 15:01:41

Captura de tela em 2013-11-04 15:06:51

Esta Aula pertence ao  Curso de Gramática  oferecido pela Ensino Nacional

certificado1

 

ACENTOS GRÁFICOS
Conheça quais são os sinais gráficos
O acento agudo (‘)
• Colocado sobre as letras A, I, O, e EM, indica as vogais tônicas da palavra.
• Ex: caí, armazém, carcará.
• Sobre as letras E e O, indica também timbre aberto.
• Ex: céu, tóxico.

O acento circunflexo (^)
• Sobre as letras A, E, O, indica timbre fechado.
• Ex: lâmpada, pêssego, supôs.

O til (~)
• Sobre as letras A e O indicam vogais nasais.
• Ex: portão, corações, irmã.

O acento grave (`)
• Significa a fusão da preposição A com o artigo A(s), com o pronome demonstrativo A(s) e com a letra A inicial dos pronomes aquele(s), aquela(s), aquilo.
• Ex: à, às, àquela.

O trema (¨)
• Na nova ortografia não é mais utilizado.
• Somente em casos de palavras estrangeiras e seus derivados ou nomes próprios.
• Ex: Müller.

REGRAS DE ACENTUAÇÃO GRÁFICA – SÍLABA TÔNICA
Todas essas regras estão em conformidade com o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. Veja as regras de acentuação em relação à sílaba tônica.

Quanto à sílaba tônica:
• É quando uma sílaba é pronunciada com mais intensidade do que outras.
• Pode ser oxítona, paroxítona, proparoxítona.

Proparoxítonas
• É quando a sílaba tônica é a antepenúltima.
• Todas são acentuadas.
• Exemplos: música, pálido, cárcere.

Paroxítonas
• É quando a sílaba tônica é a penúltima.
São acentuadas as paroxítonas terminadas em:
• L, N, R, PS, X. Ex: réptil, tórax, bíceps, açúcar, pólen.
• US, I(s), UM (uns), Ã(s), ÃO(s). Ex: bônus, grátis, vírus, álbum, órgão, jóquei, júri.
• Ditongo (EA, OA, UA, IA, UE, IE, UO, IO, seguidos ou não de S). Ex: área, gênio, fêmea, tênue.
• Obs: As paroxítonas terminadas em N são acentuadas, mas as terminadas em ENS, não são. Exemplo: hífen – hifens.

Não são acentuados:
• Sufixos terminados em I e R (semi, super).
• Ditongos abertos ÉI e ÓI das palavras paroxítonas:
• Antes: Européia, idéia, heróico, Coréia, platéia, assembléia.
• Agora: Europeia, ideia, heroico, Coreia, plateia, assembleia.
• Palavras como herói, papéis, troféu, mantêm o acento porque tem a última sílaba mais forte. (Portanto, são oxítonas).
• Não há mais o acento circunflexo nos verbos: crer, dar, ler, ver e seus derivados na 3ª pessoa do plural. E nem em palavras terminadas em ÔO.
• Antes: crêem, lêem, vôo, enjôo.
• Agora: creem, leem, voo, enjoo.

Oxítonas
São acentuadas as oxítonas terminadas em:
• A(s), E(s), O(s). Ex: sofá, jacaré, paletó, está, você, português.
• R, S ou Z, quando conjugadas com os pronomes LO(s) ou LA(s). Ex: adorar+lo = adorá-lo; satisfez+lo = satisfê-lo.
• Ditongos abertos (ÉI(s), ÉU(s), ÓI(s)). Ex: céu, papéis, chapéu.
• EM, ENS. Ex: Detém, armazém, haréns.
Não são acentuadas as oxítonas terminadas em:
• I ou U, a não ser que seja hiato. Ex: caju, urubu, siri.
• Exemplos de hiato: baú (ba-ú), aí e atraí-lo, são acentuadas porque as vogais I e U estão tônicas nessas palavras.
Obs: Sílaba Tônica e Átona – O oposto da sílaba tônica é chamado de sílaba átona, pois são pronunciadas com menor intensidade. Cada palavra possui somente uma sílaba tônica.

REGRAS DE ACENTUAÇÃO – ENCONTROS VOCÁLICOS
Veja como ficam as regras de acentuação no caso de hiatos.
Quanto à classificação dos encontros vocálicos:
• Encontros vocálicos são agrupamentos de vogais e semivogais sem consoantes intermediárias.
• Existem três tipos: ditongo, tritongo e hiato.
•Ditongo: é o encontro de uma vogal e uma semivogal (ou vice-versa).
• Os ditongos podem ser: crescente, decrescente, oral e nasal.
• Ex: série, pai, mãe.
• As regras de acentuação para os ditongos foram abordados juntamente com as paroxítonas.
• Tritongo: sequência formada por uma semivogal, uma vogal e outra semivogal em uma só sílaba.
• Pode ser oral ou nasal.
• Ex: Paraguai, quão.
• Hiato: sequência de duas vogais numa mesma palavra, mas pertencem a sílabas diferentes (nunca há mais de uma vogal numa sílaba).
• Ex: saída (sa-í-da), poesia (po-e-sia).

Hiatos
São acentuadas as vogais I e U dos hiatos quando:
• Formarem sílabas sozinhos ou com S.
• Exemplos: Ju-í-zo, ra-í-zes, sa-í-da.
• Sejam a segunda vogal tônica de um hiato.
• Exemplo: vi-ú-vo.

Não são acentuados:
• U e I tônicos de cair, por exemplo, que forma sílaba com o R.
• Essa consoante já é forte, e tornando a sílaba tônica sem precisar de acento para reforçar.
• Palavras oxítonas terminadas em I ou U.
• Palavras como baú e saí, por exemplo, são acentuadas por o I e o U formarem sílabas sozinhos, num hiato.
• Palavras seguidas pelo dígrafo NH.
• Ex: ba-i-nha.
I e U depois de ditongos, em paroxítonas.
• Antes: baiúca, feiúra.
• Agora: baiuca, feiura.
• Mas se o I e o U estiverem na última sílaba, o acento continua.
• Ex: Piauí e tuiuiú.
Obs: Atenção: Se o I e o U estiverem na última sílaba, o acento continua. Ex: Piauí e tuiuiú.

APRENDA AS REGRAS DE ACENTUAÇÃO DAS PALAVRAS MONOSSÍLABAS:
São Acentuados: Monossílabos tônicos são acentuados quando terminados em A(s), E(s) e O(s).
Ex: pó, fé, nós, dá, mês, três.
Não são acentuados: Monossílabos átonos não são acentuados graficamente.
Ex: o, a, um, uns, se, lhe, que, nem, mas, etc.

Obs: O que são monossílabos? Quanto ao número de sílabas, as palavras podem ser:
• Monossílabas: formados por uma só sílaba (ex: pai).
• Dissílabas: duas sílabas (ex: ca/sa).
• Trissílabas: três sílabas (ex: ci/da/de).
• Polissílabas: mais de três (ex: bor/bo/le/ta).

ACENTO DIFERENCIAL E CASOS ESPECIAIS
Você sabe como ficou o uso dos acentos diferenciais depois do Novo Acordo Ortográfico?
Acento Diferencial
• O acento diferencial está presente nas formas verbais em casos onde é preciso diferenciar a 3ª pessoa do singular ou plural.
•  Se aplica a todos os verbos derivados de ter e vir, como conter, convir, manter, intervir, reter, etc.

Exemplos:
• Verbo Ter – Ele tem, Eles têm.
• Verbo Vir – Ele vem, Eles vêm.
É usado também para diferenciar o tempo verbal do verbo PODER, por exemplo.
• Pôde (passado) e pode (presente).
E da palavra PÔR, para separar o verbo da preposição.
• Pôr (verbo), por (preposição).
Nos demais casos, não há mais acento diferencial.
• Antes: pára, péla, pólo, côa, pêra.
• Agora: para, pela, polo, coa, pera.
É facultativo em alguns casos, como forma e fôrma.

Casos Especiais
Abreviaturas:
• O acento original é mantido.
• Ex: página – pág., século – séc.

Palavras compostas separadas por hífen:
• Seguem as regras gerais.
• Ex: recém-chegado, pré-história, pós-graduação.
• Obs: Prefixos que não são acentuados: anti, semi, super, circum, inter e arqui.
Formas verbais:
• Pode considerar cada parte como um todo para seguir as regras gerais.
• Ex: amá-lo: oxítona terminada em A + monossílabo átono.
Alguns verbos:
• Não há mais acento agudo no U forte nos grupos (gue, gui, que, qui).
• Antes: averigúe, apazigúe, argúi, enxagúe.
• Agora: averigue, apazigue, argui, enxague.
Obs: As formas verbais terminadas em A recebem acento agudo, enquanto que as terminadas em E e O, acento circunflexo. Ex: compô-la-ei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *