Ética e Consumo Responsável

  • Imagens da Aula
  • +
  • +
  • Curso

Captura de tela em 2014-03-25 16:11:46

Captura de tela em 2014-03-25 16:12:00

Captura de tela em 2014-03-25 16:12:44

Esta Aula pertence ao Curso de Ética e Cidadania oferecido pela Ensino Nacional

certificado2

CONSUMO E CONSUMISMO
Consumo
• Consumo é o ato de consumir, tanto produtos quanto bens e serviços.
• Consumir é utilizar os produtos ou serviços para satisfazer as necessidades primárias e secundárias.
• Consumo em massa originou o consumismo e a sociedade de consumo.
Obs: A palavra consumir se origina do latim consumere que significa comer, desgastar, desperdiçar.

Consumismo
• É o ato de consumir de forma exagerada.
• É típico das sociedades capitalistas e é estimulado pela publicidade.
• Em alguns casos pode ser tornar uma doença (um vício), em que a pessoa só obtém prazer na vida ao comprar coisas.
• Nessas situações é necessário um tratamento com um psicólogo.
• O consumismo é um problema para o meio ambiente, pois os resíduos e lixo gerados pelas embalagens e produtos descartados causam grandes problemas.

O QUE É CONSUMO RESPONSÁVEL
• É um movimento social que baseia as decisões de compra se preocupando com o meio ambiente, saúde e a vida geral dos consumidores.
• O consumo responsável envolve um conjunto de hábitos e práticas que tem como objetivo melhorar as relações de produção, distribuição e aquisição de produtos e serviços, de acordo com os princípios da economia solidária e comércio justo e solidário.
• É a prática de adquirir produtos eticamente corretos, como por exemplo, produtos que não envolvam a exploração de seres humanos, animais em sua elaboração e que não provoquem danos ao meio ambiente.
• Valoriza-se a vivência de atitudes éticas para a construção de um novo panorama social e ambiental.
• As pessoas adquirem os produtos que realmente estão precisando, depois de pesquisar preços e produtos que não prejudiquem a natureza.
• O consumo responsável é baseado na ideia de que o planeta não suporta mais os padrões de consumo das últimas décadas, de extração, produção, comercialização e descarte de bens.
• O consumo sustentável tem como objetivo fazer as pessoas consumir de forma mais consciente e reduzida, tornando o consumo sustentável durante a compra, uso e descarte.
• O consumo responsável considera que seria bom mudar os hábitos de consumo, ajustando-o às suas necessidades e optando por produtos que sejam favoráveis ao meio ambiente e a igualdade social.
Obs: Estudiosos dizem que se o consumo médio per capita do planeta fosse o mesmo que o de um cidadão norte-americano (quem mais consome no mundo), seriam necessárias quatro Terras e meia para garantir insumos básicos para todos, como água, alimentos e energia.
• O consumo consciente reflete na sociedade, economia e meio ambiente.
• Por exemplo, quando a pessoa compra produtos de uma empresa que utiliza trabalho escravo, ele financia essa prática.
• Mas, se comprar produtos orgânicos ou de comércio justo, contribui com uma economia que não usa substâncias tóxicas e que não agride o meio ambiente.
• Ou seja, o consumo consciente leva em consideração que todos têm uma parcela de responsabilidade, e a escassez de recursos naturais não pode ser atribuída somente às empresas, uma vez que os consumidores financiam essa exploração.
• É fundamental se informar sobre os produtos e serviços adquiridos.
• Os consumidores são agentes ativos da transformação social, cabendo a eles escolher os produtos de empresas éticas e que respeitam o meio ambiente e os direitos humanos.

EXEMPLOS DE CONSUMO RESPONSÁVEL
Dar carona: o objetivo é reduzir o consumo de combustível.
Troca de eletrodomésticos: optar por opções mais econômicas em relação ao gasto de energia e impacto ambiental e não trocar com frequência e sem necessidade.
Preferir produtos de madeira com o selo FSC (Conselho Brasileiro do Manejo Florestal): o desmatamento é uma das principais causas de emissão de gases que contribuem para o efeito estufa.
Consumir alimentos da estação e de preferência orgânicos: dessa forma contribui para a saúde do meio ambiente.
Descartar pilhas e baterias usadas de celulares em locais apropriados e não no lixo comum: elas possuem metais pesados altamente tóxicos para o ambiente e para a saúde humana.

CONSUMO E DESPERDÍCIO
Veja como o consumo consciente da água pode evitar o desperdício.

OS “R’S” DO CONSUMO CONSCIENTE
Quando começou a se falar de consumo consciente, era baseado no conceito dos três R’s: Reduzir, Reutilizar e Reciclar, nesta ordem.

Reduzir
• É o passo inicial, a medida que traduz a essência da luta contra o desperdício.
• Significa consumir apenas o necessário, reduzindo o consumo de materiais, energia e água.
• Isso ainda acarreta a diminuição de resíduos e na economia de dinheiro.
Reutilizar
• O segundo passo é reutilizar, ou seja, dar um novo uso para as coisas e aumentar sua durabilidade.
• Ao invés de descartar algum produto, procure utiliza-lo de outra maneira.
Reciclar
• O último passo, reciclar, é transformar o que já foi produzido, consumido e reutilizado, para fazer um novo uso dele.
• Ao devolver um material ao ciclo da produção, poupa-se a exploração de recursos naturais, garantindo vantagens econômicas e ambientais.
• Do que é considerado lixo, cerca de 60% é reciclável (garradas de plástico, latas de alumínio, embalagens longa vida, jornais, etc).
Obs: Lembre-se que o consumo responsável implica em reduzir o padrão de consumo. Cada brasileiro produz cerca de 1 kg de lixo por dia. A maior parte disso vai para aterros sanitários ou então acabam sendo jogados na natureza. Daí vem a importância do consumo consciente.
Mas com o passar do tempo os desafios foram aumentando e foram surgindo outros “R’s”:
Repensar
• O repensar envolve reciclar as ideias, rever os hábitos de consumo e lembrar suas consequências para o planeta.
Recusar
• Recusar nada mais é do que preferir produtos que sejam ecológicos e recusar (boicotar) os que sejam ligados ao trabalho escravo, desmatamento, etc.
Responsabilidade
• Responsabilize-se pelos impactos (bons ou ruins) de seus atos, por sua cidade, etc.
Respeitar
• Respeitar a si mesmo, seu trabalho, as pessoas, o meio ambiente.
Reparar
• Se quebrou, conserte.
• Repare também seus erros e atitudes.
• Se errou, peça desculpas.
Repassar
• Repasse para as pessoas as informações que você tiver sobre o consumo consciente.

CONSUMIDOR RESPONSÁVEL
Faça o teste e veja se você é um consumidor responsável.

RESPONSABILIDADE SOCIAL
• Um consumidor socialmente responsável pode ser caracterizado sob várias abordagens: consumo socialmente consciente, consumo socialmente responsável, consumo ético.
• O consumidor socialmente consciente é aquele que considera as consequências do seu consumo para a sociedade em geral.
• O consumidor procura usar seu poder para causar uma mudança social.
• O consumo socialmente responsável envolve o comportamento e tomada de decisão do consumidor com relação a questões ambientais.
• Os consumidores consideram as consequências decorrentes de seu consumo para o meio ambiente.

Educação para Consumo
• O consumidor que é educado para o consumo traz um retorno positivo ao sistema.
• A educação é fundamental para a tomada de decisão.
• Ela possibilita uma melhor escolha de produtos e serviços levando em consideração os valores, necessidades e objetivos do cidadão.
• A educação para o consumo consciente leva o jovem a desenvolver uma visão crítica e responsável do seu papel como consumidor e cidadão.

CONSUMO CONSCIENTE
Para ser um consumidor consciente, procure se perguntar:
1 → Porque comprar?
Antes da compra veja se realmente precisa do produto ou se está sendo estimulado por impulsos ou propagandas.

2 → O que comprar?
Analisar as opções de produtos disponíveis e escolher o que atenda à sua necessidade.
Definir também a qualidade e durabilidade do produto.
3 → Como comprar?
Comprar à vista ou a prazo, onde comprar, de carro ou a pé, sacolas ou caixas de papelão, etc.
4 → De quem comprar?
Escolher o fabricante, características da produção, valorização dos funcionários e comunidade, entre outros.
5 → Como usar?
Usar de forma consciente os produtos e serviços adquiridos.
Por exemplo: usar os produtos até o final da sua vida útil, consertar se quebrarem (antes de comprar um novo), desligar aparelhos eletrônicos quando não estiverem em uso, etc.
6 → Como descartar?
Quando não houver mais utilidade ou novo uso para o produto, ele deve ser descartado de maneira correta.
Por exemplo, enviar o que for possível para a reciclagem e ver o que pode ser doado ou reformado.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *