Funções do Vigilante e Tipos de Vigilância

  • Imagens da Aula
  • +
  • +
  • Curso

Captura de tela em 2014-02-14 10:17:22

Captura de tela em 2014-02-14 10:15:52

Captura de tela em 2014-02-14 10:16:06

Esta Aula pertence ao Curso de Vigilante oferecido pela Ensino Nacional

certificado2

FUNÇÕES DO VIGILANTE

• O vigilante é a pessoa que vai assegurar a proteção e segurança de empresas e outras entidades, controlando o fluxo de entrada e saída de pessoal, visitantes e automóveis, inspecionando volumes e cargas, fazendo rondas nas instalações, verificando o estado de equipamentos, etc.
• Ele vai zelar pela ordem e segurança de pessoas, seja em uma empresa pública ou privada.
• O vigilante atua em caráter preventivo, inibindo e impedindo ações vindas de suspeitos.
• O trabalho de vigilante pode ser desempenhado nos seguintes segmentos: bancos, indústrias, segurança marítima e logística, administração pública, educação e serviços, hotelaria e turismo, multinacionais, entre outros.
• O vigilante deve estar sempre comprometido com a segurança, dignidade da pessoa humana e com a satisfação do usuário final.
• Para isso, ele deve ser organizado e disciplinado em suas funções, nunca se omitindo de fiscalizar, controlar e vigiar.

Diferença entre Vigia e Vigilante
Vigia
• A função do vigia é a guarda e zelo do patrimônio.
• É uma atividade estática, não especializada, e não exige preparação especial.
• A pessoa exerce tarefas de fiscalização e observação de um local.

Vigilante
• O vigilante executa atividade de vigilância patrimonial bem como a segurança de pessoas, realiza transporte de valores ou de qualquer tipo de carga.
• É necessário preparação para ser vigilante.

PERFIL DO VIGILANTE
Para desempenhar essa função, de uma maneira geral, deve ser uma pessoa de confiança e ter sentido de responsabilidade, integridade, espírito de equipe, cortesia, boa capacidade de comunicação, honestidade, iniciativa e capacidade de decisão.
Além da questão moral, a pessoa deve ter boas aptidões físicas, saber lidar com situações de estresse, sentido de observação, dinamismo e boa apresentação.
O conhecimento técnico também é importante, uma vez que o conteúdo programático do seu curso de formação envolve assuntos como segurança, legislação aplicada, primeiros socorros, entre outros.

REQUISITOS
O Departamento de Polícia Federal (DPF) exige alguns requisitos para o exercício da profissão:
• Ser brasileiro (ou naturalizado);
• Idade mínima de 21 anos;
• Instrução mínima que corresponda à quarta série do ensino fundamental;
• Ser aprovado em exames de saúde mental, física e psicotécnica;
• Não ter antecedentes criminais;
• Estar quite com obrigações militares e eleitorais.
• Além disso, é necessário passar pelo Curso de Formação para Vigilantes.
• Após a aprovação e expedição do certificado, é preciso a Carteira Nacional de Vigilante (CNV).
• A CNV é requerida no Departamento de Polícia Federal e tem validade de 5 anos.
• Seu uso é obrigatório em serviço.

Dentro da segurança privada, existem quatro modalidades de vigilantes, cada uma com função específica:
• Vigilante patrimonial,
• Vigilante em segurança pessoal privada,
• Vigilante de escolta armada,
• Vigilante de transporte de valores.
• O curso de formação capacita a pessoa a exercer a função de vigilante patrimonial.
• Para as outras três modalidades, é necessário um curso de extensão.
• Todos os vigilantes passam por cursos periódicos de reciclagem a cada dois anos.

O conteúdo do curso básico de formação para vigilantes é:
• Noções de Segurança Privada, Legislação Aplicada, Direitos Humanos e Relações Humanas no Trabalho, Sistema de Segurança Pública e Crime Organizado, Prevenção e Combate a Incêndio e Primeiros Socorros, Educação Física, Defesa Pessoal, Armamento e Tiro, Vigilância, Radio Comunicação e Alarmes, Criminalística e Técnica de Entrevista.
Obs: Algumas dessas exigências são consideradas muito abaixo do que os contratantes de serviços de segurança privada exigem. Por exemplo, hoje algumas empresas já exigem que candidato possua o 2º grau completo.

DIREITOS E DEVERES DOS VIGILANTES
O Departamento de Polícia Federal, através da Portaria 387/06, assegura os direitos e deveres dos vigilantes. Veja quais são:

Direitos
Os direitos estão no artigo 117 da Portaria 387/06, do Departamento de Polícia federal:
Art. 117. Assegura-se ao vigilante:
I – o recebimento de uniforme, devidamente autorizado, às expensas do empregador;
II – porte de arma, quando em efetivo exercício;
III – a utilização de materiais e equipamentos em perfeito funcionamento e estado de conservação, inclusive armas e munições;
IV – a utilização de sistema de comunicação em perfeito estado de funcionamento;
V – treinamento permanente de prática de tiro e de defesa pessoal;
VI – seguro de vida em grupo, feito pelo empregador;
VII – prisão especial por ato decorrente do exercício da atividade.

Deveres
Os deveres também estão estabelecidos na Portaria 387/06, no artigo 118:
Art. 118. São deveres dos vigilantes:
I – exercer as suas atividades com urbanidade, probidade e denodo;
II – utilizar, adequadamente, o uniforme autorizado, apenas em serviço;
III – portar a Carteira Nacional do Vigilante – CNV;
IV – manter-se adstrito ao local sob vigilância, observando-se as peculiaridades das atividades de transporte de valores, escolta armada e segurança pessoal;
V – comunicar, ao seu superior hierárquico, quaisquer incidentes ocorridos no serviço, assim como quaisquer irregularidades relativas ao equipamento que utiliza, em especial quando ao armamento, munições e coletes à prova de balas, não se eximindo o empregador do dever de fiscalização.
Obs: Urbanidade: cortesia, civilidade. Probidade – honestidade. Denodo – coragem, bravura.

TIPOS DE ATIVIDADE
Conheça as atividades de Segurança Privada são:

Vigilância patrimonial:
tem como objetivo a proteção de bens patrimoniais.

Transporte de valores:
transporte de bens, valores ou numerários, em veículos comuns ou especiais.

Segurança pessoal:
tem como objetivo garantir a segurança física de pessoas.

Escolta armada:
tem como objetivo garantir o transporte de qualquer tipo de carga.

Curso de formação:
tem como objetivo formar, especializar e reciclar os vigilantes.

TIPOS DE VIGILÂNCIA
Vigilância é uma sensação em que a pessoa ou empresa emprega recursos humanos e equipamentos a fim de produzir um estado de ausência de risco.
É a atividade de monitoramento e acompanhamento de comportamento e atividade de pessoas ou locais, com o objetivo de garantir a segurança e proteção.

1 → Vigilância em Bancos
• As instituições financeiras são obrigadas pela Lei 7.102/83 a possuir sistema de segurança com pessoas devidamente preparadas (os vigilantes).
• Por ser um local de guarda e movimentação de numerários e valores, é um ponto visado por criminosos, o que exige a atuação atenta do vigilante.
• Nestes estabelecimentos o vigilante deve procurar se posicionar em pontos estratégicos, que permitirá maior ângulo de visão, eliminando o fator surpresa.

2 → Vigilância em Shopping Centers
• Por ser um local de maior circulação de pessoas, o vigilante deve ficar atento ao comportamento e atitude das pessoas, agindo com discrição.
• Sua atuação é de caráter preventivo.

3 → Vigilância em Hospitais
• O vigilante deve estar atento à toda movimentação interna, especialmente nas dependências em que haja acesso restrito a determinadas pessoas e horários pré-estabelecidos.
• É necessário que o vigilante tenha equilíbrio emocional, por se tratar de um local que em que as pessoas constantemente entram em desespero e demonstram insatisfação em relação ao tratamento, sendo um local propício ao desgaste.

4 → Vigilância em Escolas
• O preparo para atuar em escolas é muito importante, o que refletir desde na postura, no comportamento maduro e atitudes discretas e coerentes por parte do vigilante no relacionamento com os alunos.
• Além de problemas internos, o vigilante deve ficar atento quanto à presença de pessoas estranhas nas imediações da escola.

5 → Vigilância em Prédios
• A segurança privada costuma atuar tanto em prédios residenciais quanto comerciais.
• O motivo é que os criminosos têm focado nesses locais em razão da carência de medidas de segurança.
• Em um prédio residencial o objetivo é a segurança e tranquilidade dos moradores.
• Já em um prédio comercial, o objetivo é a proteção e segurança dos funcionários, clientes e visitantes.
Obs: A vigilância patrimonial é uma atividade controlada, fiscalizada e autorizada pelo Departamento de Polícia Federal. Todas as atividades devem ser exercidas por profissionais credenciados pela Polícia Federal.

Comentários

  1. Geraldo conceicao da silva e silva

    Por que nos vigilantes nao temos direito a passe livre ja que nos e obrigatorio ter a CNV?

  2. Coisa Boa viu

  3. Amauri dos Santos Macedo

    Venho por meio desta parabeniza-los pela obra que acabei de ler

  4. É verdede

    É verdade

  5. Fiz o acesso porque pretendo ter mais clareza com relação ao material de vigilante para fazer concurso e fiquei satisfeito com as explicações bem detalhadas.

  6. joao feitosa de sousa

    Vejo um ótimo curso oferecido
    Nesse site

  7. Obrigado gostei muito pra mim qui to buscando esse ramo foi muito bom estou muito satisfeito

  8. Miry

    Me ajudou bastante

  9. Domingos Francisco Soyane

    Sou Domingos de nacionalidade mocambicano de 22 anos de idade, necessito de uma vaga de emprego, 2012 -2014 estive a cumprir servico militar obrigatorio, Desempenhei as funcoes de auxiliar na seccao das operacoes no Batalhao da radio tecnica,. contacto: 824624914/ 842242837

  10. Ozorio Mota

    Eu, Ozorio Mota no momento estou sem trabalho, concluí o Curso de Formação na Escola de Formação de Vigilante F-03 em Londrina-PR, solicito por parte de Vossa Senhoria resposta!!!

  11. Quero mais perguntas

  12. muito bom suas infrações gostei bastante vai me ajuda. obrigado !

  13. Maiza Cerqueira

    Gostaria de saber mais sobre este curso ? Obrigado

  14. RONY KLEISSON DA SILVA CARDOSO

    E BOM LER E APERFEISSOA A CADA DIA A MANEIRA DE AGIR E SE COMPORTAR NO NOSSO LOCAL DE TRABALHO

  15. Sérgio augusto de luiz martini

    Gostaria de saber sobre curso de seguranca patrimonial ou vigilante patrimonial aguardo resposta

  16. Franciele casusa

    Quero conhecer mais esse curso

  17. Franciele casusa

    Adorei conheça

  18. Adelcio Geraldo de Lima

    sempre é bom revisa as funções de um vigilante e os tipos de vigilâncias faltou falar um pouco das vigilâncias de rondas exercidas em uma determinada empresa.

  19. FRANCISCO SILVA

    Parabéns pelo excelente trabalho feito neste site.

    • Danyllo Rodrigues

      Obrigado pelo elogio Francisco! É um prazer podermos auxiliar no conhecimento das pessoas!

  20. Alan Santos

    Mesmo com autorização da contratante um vigilante patrimonial deve usar os veículos da empresa como carro,trator, etc… ou em alguns casos em cavalos?

  21. OLAVO RIBEIRO NETTO

    Gostei muito das informações sobre o vigilante.Pois estou nesta área a 14 anos, gosto muito da minha função, pois no momento estou desempregado.
    Já trabalhei em todas as áreas: Escolas, Hospitais, Shoppings, Prédios, Bancos e nas áreas de Terrenos.

  22. heleno

    Gostaria de saber se é obrigatório ou não trabalhar no BDN em agências bancárias.

  23. LINDOMAR GUEDES _

    Bom dia,
    Curso muito interessante, gostaria de mais informações.
    Obrigado

  24. jay de moura

    boa noite
    gostaria de saber se o curso de vigilante ja é suficiente para poder trabalhar armado.
    desde já agradeço

    • Danyllo Rodrigues

      Bom dia Jay. Para exercer a profissão de Vigilante é necessário realizar um curso presencial de 200 horas, porém, mesmo sendo um Vigilante o porte de arma continua bem restrito, apenas no seu local de trabalho (por exemplo, levar a arma ao ir comprar um café é crime) e o equipamento e munição deverá, obrigatoriamente, ser fornecido pela empresa de segurança.

  25. Ana Paula da Silva

    Qual o valor do curso e onde fica a escola ?
    Estou interessada

    • Danyllo Rodrigues

      Bom dia Ana Paula. Ao realizar o seu cadastro neste curso você poderá realizar mais de 600 cursos em diversas áreas, em todos você poderá solicitar o certificado de conclusão, o valor é super acessível. Para conferir o valor e efetuar seu cadastro, acesse o link: Curso de Apoio ao Vigilante
      Estamos localizados em Camboriú-SC.

  26. Amei a aula do curso de vigilânte obrigada

  27. Pila Francisco Wala

    Gostei das vossas informações e posteriormente, gostaria de receber mais dicas sobre e segurança, vigilancia e outras novidades.
    Obrigado

  28. Alex

    Muito bom.

  29. Carlos Roberto

    Queria saber porque o cidadão só pode fazer o curso de vigilante quando tem 21 anos

    • Danyllo Rodrigues

      Boa tarde Carlos, o motivo é devido ao risco físico envolvido na profissão, o mesmo que ocorre em outras profissões de risco, apesar de nossa maioridade civil ter sido alterada de 21 para 18 anos no novo código civil, algumas profissões continuaram a utilizar a idade mínima de 21 anos.

  30. Ana Adélia da Silva

    Olá boa tarde, estou fazendo um trabalho sobre uma vaga para vigilante orgânico. Se pudesse eu gostaria de saber mais informações sobre esse tipo de vigilância e qual a diferença de Vigilante Orgânico e o Vigilante Patrimonial? Aguardo resposta, obrigada 😉

    • Danyllo Rodrigues

      Bom dia Ana, nosso curso aborda os aspectos da função em geral, não é focado em um único tipo.
      A a diferença entre os dois tipos, é que o Vigilante Orgânico é funcionário contratado da empresa, já o Vigilante Patrimonial é um vigilante terceirizado pela empresa.

  31. waldir dos anjos sousa

    eu tem curso de vigilante e escolta armada eu pode compra uniforme vigilante e coturno que tudo que vigilante usa para trabalha na fazenda com vigia

  32. Qria saber se não tendo aí da CNH se posso matrícula no curso .e quanto tempo É o curso .qria saber também sobre as classificações dos cursos A,C pq são classificados assim.?

    • Danyllo Rodrigues

      Boa tarde Marlene, com CNH você quis dizer CNV? Se sim, é possível você realizar nosso curso sem possui-la, porém, para exercer a profissão será necessário adquiri-la. O tempo de duração do curso varia de acordo com o tanto de horas que você pretende adicionar ao certificado de conclusão, nele poderá constar até 420 horas.

  33. Danyllo Rodrigues

    Não, mas, é recomendado evitar as aglomerações, mesmo de vigilantes, isto atrapalha a atenção e impossibilita o vigilante de ter uma visão total dos seus arredores.

  34. Danyllo Rodrigues

    Boa tarde Ilton, acesse este link para realizar o curso: Curso de Apoio ao Vigilante

  35. Regina da Silva Vitorino

    Bom dia pretendo fazer o curso de vigilante não sei se posso pela minha estatura tenho 1.50 e vigia e vigilante são cursos diferentes.

  36. Susete soares

    Sou Susete Soares e já trabalho de vigilante, gostaria de saber mais sobre o curso.

  37. Diego

    Boa tarde, gostaria de tirar uma dúvida, trabalho na área e gostaria de saber se o vigilante tem direito a usar seu próprio equipamento, exemplo : Coldre, baleiras, colete e coturnos ou botas melhores para prestar um melhor serviço?
    Estou sendo cobrado por supervisores, os mesmos dizem que só posso tirar serviço com todos os equipamentos que a empresa me forneceu, mas no curso que fiz me disseram que se eu quisesse comprar melhores equipamentos do que os fornecidos pela empresa eu poderia usar sem problemas.
    Aguardo respostas!

  38. Marcelino

    Pq o salário do vigilante é 1351+405 VA , VT. E nós usamos mesmas coisas do gcm PM e nossa vida em risco do mesmo geito q a deles estão. Nosso salário deveria a chegar 2000 reais livre que vcs acham.?

  39. CLEONICE GOMES LISBOA

    Eu tenho 1 metro 53 gostaria de saber se eu tenho altura par seguir a profissão de segurança

  40. Gladistone

    Bom Dia Por Favor alguém me disponibilizem uma ordem de serviço e uma APR de um vigilante AGRADEÇO MUITÍSSIMO…

  41. Gladistone Técnico de Segurança

    meu e-mail pra vocês enviar os arquivos solicitados é [email protected]

  42. edson f da silva

    boa tarde, gostaria de saber se o vigilante patrimonial, e obrigado a subir de elevador até o andar de numero 11 e descer de escada até o térreo, atraves das escadas, e além desta ronda ser obrigado a visualizar lâmpadas queimadas e informar nos formulários das respectivas rondas, ou seja este procedimento e feito 3 vezes por um único vigilante. penso que referente as luminária obsoletas devem partir sobre supervisão do pessoal que executam a manutenção elétrica na localidade.

    • Danyllo Rodrigues

      Boa tarde Edson. Não sei lhe informar com certeza, mas é provável que realmente não faça parte da função do vigilante esta função, de verificar luminárias, porém, a ronda pode sem problema algum incluir as escadarias, o que você está fazendo seria um favor, um diferencial para seu serviço, já que em sua ronda você será obrigado a passar diante de tais luminárias, sendo apenas um detalhe a mais a verificação destas, mas deve-se levar em conta o que seria esta verificação, se requer demasiada atenção, subir em escadas para poder verificar, enfim, que exija foco nesta tarefa, isto irá prejudicar a qualidade de sua ronda, gerando uma distração em seu serviço, comprometendo a sua segurança e dos demais. É muito provável que não conste tal dever no manual do vigilante, como mencionado, seria um favor prestado ao empregador.

  43. Felipe de Souza Teixeira

    Boa tarde! Gostaria de saber se é difícil arrumar emprego na área com o curso concluído, mas sem experiência na área.

    • admin

      Boa tarde Felipe! O mercado para Vigilantes está bem aquecido em nosso país, pois, as políticas de segurança do nosso governo infelizmente deixam a desejar concorda? E para quem possui cursos livres como diferencial em seu currículo é muito mais fácil conquistar uma vaga de emprego na área, mesmo que ainda não possua experiência. Caso deseje realizar um curso para se destacar no mercado de trabalho acesse: Curso de Apoio ao Vigilante

  44. Nevany Batista Mendonça

    Aqui em Curitiba PR estão inventando o tal vigilante 3.3, isso existe?

    • admin

      Bom dia Nevany, desconhecemos tal categoria!

  45. Andre costa

    Tenho o curso de segurança pessoal privada, posso exercer a função de vigilante!

  46. Petersonchimirri

    Meu nome é PETERSON CHIMIRRI e gostaria de saber porquê o vigilante que tem o curso e por algum motivo vai preso, quando sai da prisão, ou seja, fica em dia com a sociedade, passa a ter tanta dificuldade pra arrumar um novo emprego, as empresas não dão oportunidade para nós… eu mesmo tenho o curso de vigilante patrimonial e fui preso injustamente, após sair da prisão fiz a reciclagem de vigilante e grande eventos, mas mesmo assim não consigo arrumar emprego, mesmo estando apto, eu preciso de uma oportunidade para trabalhar…..quem puder me ajudar, por favor….meu contato:(11)946037728

  47. fernando s valença junior

    gostaria de receber mais artigos sobre vigilância Patrimonial.

  48. Laésio de Lima Leite

    É sempre bom se reciclar, li e gostei, é uma ótima reciclagem pra quem é da área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *