O Lúdico na Educação Infantil

  • Imagens da Aula
  • +
  • +
  • Curso

Captura de tela em 2014-03-17 15:22:08

Captura de tela em 2014-03-17 15:22:40

Captura de tela em 2014-03-17 15:22:33

Esta Aula pertence ao Curso de Curso de Ludicidade oferecido pela Ensino Nacional

certificado2

 

O QUE É LÚDICO
Você sabia que o lúdico ajuda a memorizar fatos?
O que é:
• A atividade lúdica é qualquer movimento com o objetivo de produzir prazer e divertimento quando executado, através de jogos e brincadeiras.
• São brincadeiras (ou brinquedos) mais livres de regras e que não visam a competição como objetivo principal.
• É uma atividade que permite a experiência do momento, associando o ato, o pensamento e o sentimento.
• É uma atividade livre de pressões e avaliações, que envolve ações despretensiosas, descontraídas e livres de intenção ou vontade alheia.

Brincadeiras e Jogos:
• É utilizado desde os filósofos gregos, para ajudar os aprendizes, uma vez que as brincadeiras e jogos podem ser usados como uma ferramenta de educação.
• Mais do que uma brincadeira, a atividade lúdica é uma ferramenta importante no desenvolvimento e socialização das crianças, desde que seja direcionada pelo educador e possua um objetivo claro.
• O lúdico faz referência a uma dimensão humana que evoca sentimentos de liberdade e espontaneidade de ação.

O ATO DE BRINCAR
O brincar é uma forma de comunicação.
• A criança pode reproduzir seu dia a dia através desse ato.
• Além disso, proporciona o processo de aprendizagem da criança, facilitando a construção da reflexão, da autonomia e criatividade, estabelecendo uma relação entre o jogo e a aprendizagem.
• O brincar é importante no desenvolvimento integral do ser humano, nos aspectos físico, social, cultural, afetivo, emocional e cognitivo.
• Logo, o brincar faz parte da aprendizagem e deve ser vivenciado na infância.
• Através do brincar, a criança estabelece regras para si e para o grupo, e permite que ela resolva conflitos e ao mesmo tempo desenvolva a capacidade de compreender pontos de vista diferentes.
• A brincadeira é um meio de expressão e apropriação do mundo das relações, das atividades e dos papéis dos adultos.
• Através da brincadeira a criança atua nas diferentes situações vividas pelo ser humano, reelaborando sentimentos, significados, atitudes e conhecimentos.
• O ato de brincar e o brinquedo completam o mundo mágico infantil, visto que é uma das principais formas de autodescoberta e vivência da criança.
• Através deles, a criança percebe seus limites e suas possibilidades, explora seu ambiente através das brincadeiras de maneira saudável e produtiva.

Obs: O Brincar na História: O brincar é um fenômeno universal, que vem atravessando fronteiras e épocas, passando por transformações, mas se conservando em sua essência.
Há evidências que desde a época da Antiguidade o homem já brincava. Até o final do século XVIII o brincar era uma atividade comum a adultos e crianças.

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO
• Vários estudos e pesquisas vêm comprovando a importância do lúdico no desenvolvimento das potencialidades das crianças.
• Sua influência pode ser comprovada em um ambiente desafiador, aconchegante, rico em experiências e oportunidades.
• Na Educação Infantil, o lúdico tem sido uma estratégia bem sucedida no que se refere à estimulação do desenvolvimento cognitivo e de aprendizagem de uma criança.
• As atividades lúdicas na educação infantil são mais usadas para o aprendizado de crianças de 0 a 5 anos de idade, mas pode ser utilizada em outras faixas etárias.

Obs: As instituições que atendem crianças de 0 a 5 anos devem promover seu desenvolvimento integral, estimulando e ampliando suas experiências, conhecimentos e interesses pela dinâmica da vida social, e dessa maneira contribuir para que sua integração e convivência na sociedade sejam marcadas por valores de liberdade, solidariedade, cooperação e respeito.
• Nesse contexto elas interagem umas com as outras, desempenhando papéis sociais, desenvolvendo a criatividade, reflexão, interação, imaginação e capacidade de raciocínio e motora, entre outros.
• É durante os primeiros anos de vida que a criança está construindo sua identidade e parte de sua estrutura física, socioafetiva e intelectual.
• Nessa fase as atividades lúdicas podem auxiliar positivamente no desenvolvimento da criança.

Tipos de Atividades Lúdicas
• Desenhar, brincadeiras, danças, jogos, leituras, passeios, softwares educativos, dramatizações, fantoches, etc.
• As atividades podem ser brincadeiras, jogos ou atividades que permitam situações de interação.
• É importante que as atividades sejam dirigidas pelo educador, com objetivo claro do porquê ela estar sendo realizada.
• O educador deve proporcionar a exploração da curiosidade infantil, incentivar a criatividade, as diferentes formas de linguagem e o senso crítico.

IMPORTÂNCIA DO BRINCAR
O brincar não é importante apenas na aprendizagem, mas também para o desenvolvimento integral da criança.
• Alguns autores apontam o ato de brincar como um processo de humanização, em que as crianças desenvolvem sua capacidade de raciocinar, julgar, argumentar e de chegar a um consenso.
• Através da ludicidade a criança começa a se expressar com mais facilidade, a ouvir, respeitar e discordar de opiniões, a exercer sua liderança, ser liderada, e compartilhar a alegria de brincar.
• A brincadeira é uma atividade com contexto cultural e social.
• Os jogos simbólicos, ou faz de conta, são aqueles que a criança expressa capacidade de representar dramaticamente, experimentando diferentes papéis e funções sociais, a partir da observação do mundo dos adultos.

Aprendizagem através do Lúdico na Educação Infantil
• O brincar é um meio de aprendizagem na Educação Infantil, uma vez que permite que a criança vivencie a aprendizagem como um processo social.
• O educador precisa ficar atento para não intervir de maneira inapropriada e descaracterizar o prazer que o lúdico oferece aos seus alunos.
• Ou seja, o brincar usado como recurso pedagógico não deve estar separado da atividade lúdica.
• A aprendizagem pode ser definida como um processo no qual o indivíduo adquire informações, habilidades, atitudes, valores, etc, a partir do contato com a realidade, outras pessoas e o meio ambiente.
• Ou seja, o brincar ajuda nesse processo de aprendizagem, através de situações imaginárias.
• O lúdico permite que a criança se prepare para a vida, entre o mundo físico e social.
• Entre as vantagens do uso do lúdico na aprendizagem é que o jogo é um impulso natural da criança que funciona como um motivador.
• O jogo estimula o pensamento, mobiliza esquemas mentais, incentiva a ordenação de espaço e tempo e integra as várias dimensões da personalidade.
• O desenvolvimento, e consequente aprendizado, ocorrem quando a criança participa ativamente, seja discutindo as regras do jogo ou propondo soluções para a resolução deles.

Obs: Brincadeira e Aprendizagem
• Como a brincadeira é algo inerente da criança, o lúdico se torna uma maneira eficaz de envolver o aluno nas atividades.
• As atividades lúdicas permitem que as crianças aprendam com prazer e alegria.

O PAPEL DO EDUCADOR
A criatividade do educador deve ser a base de tudo.
1 → Educar também é proporcionar situações de brincadeiras e aprendizagem orientadas, de forma a contribuir para o desenvolvimento das capacidades infantis de relação interpessoal, e de atitudes de aceitação, respeito e confiança.
2 → Educar é ajudar a criança a tomar consciência de si mesma, é proporcionar ferramentas para que a pessoa possa escolher caminhos.
3 → Cabe ao educador criar um ambiente que tenha elementos de motivação para as crianças. Desenvolver atividades que ofertem conceitos que preparam para os números, leitura, conceitos de lógica, etc.
4 → Desenvolver atividades que motivem os alunos a trabalhar em equipe e os ensine a expressar seu ponto de vista em relação ao outro.
5 → O papel do educador é ser o incentivador da atividade, e sua intervenção é necessária no processo de ensino-aprendizagem.

CONCLUSÃO
• O processo de ensino-aprendizagem na escola deve ser construído.
• O ponto de partida deve ser o nível de desenvolvimento real da criança, e o ponto de chegada os objetivos estabelecidos pela escola.
• Em resumo, as crianças aprendem enquanto brincam.
• E elas estabelecem uma relação natural com os jogos e brincadeiras e extravasam suas tristezas, alegrias, angústias, entusiasmos, passividades e agressividades.
• As atividades lúdicas são ótimos meios para desenvolver a linguagem, memória, atenção, percepção, criatividade e a aprendizagem.
• Auxiliam também o desenvolvimento das estruturas psicológicas e cognitivas da criança.
• A ludicidade é uma necessidade do ser humano, e especialmente na infância ela deve ser vivenciada, não apenas como diversão, mas também como objetivo de desenvolver as potencialidades das crianças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *