O Que é EaD e Tutoria Online

  • Imagens da Aula
  • +
  • +
  • Curso

Captura de tela em 2014-07-10 17:10:10

Captura de tela em 2014-07-10 17:10:01

Captura de tela em 2014-07-10 17:10:26

Esta Aula pertence ao Curso de Tutoria Online oferecido pela Ensino Nacional

certificado2

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
• A educação pode ser presencial, semipresencial ou à distância.
• Os cursos regulares são presenciais, onde professores e alunos se encontram em uma instituição de ensino.
• A semipresencial é em parte presencial e em parte a distância, usando tecnologia da informação.
• A educação a distância é uma modalidade educacional em que os alunos e professores estão separados, física ou temporalmente.
• Por este motivo é necessário a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação.
• A Educação a Distância, ou EaD, pressupõe um sistema de transmissão e estratégias pedagógicas adequadas às diferentes tecnologias usadas.
• A EaD é regulada por uma legislação específica e pode ser implantada tanto na educação básica quanto superior.
• É uma modalidade de educação mediada por tecnologias em que alunos e professores estão separados (espacial e/ou temporalmente), ou seja, não estão fisicamente no mesmo ambiente presencial de ensino-aprendizagem.
• Existem três elementos em interação na EaD: aluno, material didático e professor.
• Dentro da EaD, o sistema de tutoria é cada vez mais indispensável ao desenvolvimento de aulas a distância.
• O tutor orienta e acompanha as atividades dos alunos, além de motivar a aprendizagem.
• A estratégia didática adotada na EaD deve envolver a escolha dos métodos e meios de instrução adequados para um aprendizado efetivo.
• Não apenas o conteúdo do curso deve ser considerado, mas também o suporte ao aluno, acesso e escolha dos meios, a forma como o tutor e aluno se comunicam, etc.
• Uma das prioridades é a qualificação do corpo docente.
• Existem três fatores indispensáveis para a EaD: modelo de aprendizagem, infraestrutura tecnológica e infraestrutura física.
• A educação é concebida como uma ação consciente e coparticipativa que possibilita ao aluno a construção de um projeto profissional político e inovador.
• Nesta perspectiva, a tutoria atua com o propósito de oferecer ao estudante um ambiente de aprendizagem personalizado que possa satisfazer suas necessidades educativas.
• E como mediador, o tutor assume um papel importante, esclarecendo as dúvidas dos alunos, estimulando-o e participando da avaliação da aprendizagem.
• A EaD é um processo centrado no aluno, acompanhada pelo tutor.
• São diversas fontes de informação, através de material impresso e multimeios.
• O ritmo de aprendizagem é determinado pelo aluno, dentro de seus parâmetros.
• A tecnologia como recurso didático traz alguns desafios como: seleção de textos elaborados ou produzidos para um curso de EaD, articulação dos núcleos temáticos, interdisciplinaridade, coordenação didático-pedagógica, renovação metodológica dos professores, fundamentos teóricos de aprendizagem e do processo de avaliação.
• A metodologia da EaD não deve ser diferente do ensino presencial.
• O que muda não é a metodologia, mas sim a forma de comunicação.
• O uso de tecnologias avançadas também não garante um ensino de qualidade.
• A metodologia deve incorporar as novas formas de comunicação, inclusive o potencial de informação da internet, uma vez que a EaD se caracteriza pelo estabelecimento de uma comunicação de múltiplas vias.
• Antes de se decidir pela EaD, o aluno deve avaliar as opções, até para não escolher uma instituição de ensino sem qualidade.
• O MEC (Ministério da Educação) elaborou o documento “Referências de Qualidade para a Educação Superior a Distância), que indica o que o aluno tem direito de saber antes de se matricular:
• métodos de ensino da instituição;
• tecnologias usadas;
• tipo de material didático usado;
• tipos de interação disponíveis;
• quanto tempo leva para o tutor responder dúvidas;
• Outra medida é verificar no MEC se a instituição está credenciada, se é reconhecida e se já foi fiscalizada.

EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA X ENSINO A DISTÂNCIA
É uma linha tênue entre um e outro termo, mas há algumas diferenças.
Educação a Distância
• Educação a distância é uma modalidade da Educação onde há modelos que se pode optar para atender as necessidades educacionais.
• Os mais usados são: Ensino a Distância e Educação Colaborativa a Distância.
• É uma prática educativa em que o processo de ensino-aprendizagem faz com que o aluno aprenda, crie e construa seu conhecimento, participando de seu crescimento.
• A educação está ligada à interação entre pares e à construção do conhecimento em conjunto.

Ensino a Distância
• O Ensino a Distância é uma modalidade da EaD.
• Nele, a prioridade é o conteúdo e não há muita interação.
• O ensino é uma parte da educação, e deve ser entendido como uma ação sistemática, ordenada e intencional de transmissão de conhecimentos e experiências.
• Logo, quando se fala em EaD, fala-se em Educação a Distância.

COMUNICAÇÃO E TECNOLOGIAS
A comunicação em EaD pode ser de duas formas: síncrona e assíncrona.

Síncrona
• É aquela que ocorre em um mesmo tempo, exige que os interlocutores estejam conectados ao mesmo tempo, ou seja, em tempo real.
• Entre suas vantagens estão a interação com o instrutor (tutor), o que permite um melhor acompanhamento, motivação e feedback.
• Ex: chat, telefone, videoconferência, etc.

Assíncrona
• Acontece em tempos diferentes, ou seja, não é em tempo real.
• Suas vantagens são a flexibilidade de tempo, lugar e ritmo, possibilitando tempo para reflexão.
• Outra vantagem é que a comunicação assíncrona exige menos sofisticação tecnológica.
• Uma desvantagem é o isolamento, já que a interação é menor.
• Ex: e-mail, fóruns de discussão, material impresso, etc.
• Em relação à tecnologia, os alunos e professores estão conectados por tecnologias chamadas telemáticas, como a internet e hipermídias.
• Porém podem ser usados outros recursos de comunicação, como carta, rádio, televisão, CD-ROM, celular, notebook, etc.
• A internet ajudou a ampliar o EaD.

Ambiente Virtual de Aprendizagem
• O ambiente virtual de aprendizagem (AVA) é um software com base na internet que facilita a gestão de cursos no ambiente virtual.
• É elaborado para ajudar no gerenciamento de conteúdos, e permite ao professor acompanhar o progresso dos alunos.
• Existem vários programas disponíveis no mercado, gratuitos ou não.
• A interação entre alunos e professores, além de todo o conteúdo, é realizada nesse ambiente.
• Alguns desses softwares são: TelEduc, Moodle, Solar, etc.
• Essas ferramentas permitem um fácil manuseio e controle de aulas, discussões, apresentações, ou seja, atividades educacionais de forma virtual.
• Os AVAs propiciam a integração de múltiplas mídias, linguagens e recursos, desenvolver interações entre as pessoas e apresentar informações de maneira organizada.
• É através desta ferramenta que há a possibilidade de participação ativa de alunos e professores.

HISTÓRIA DA EAD
A EaD somente começou a fazer parte das atenções pedagógicas nas últimas décadas, apesar de existir há mais tempo que isso.
• Surgiu da necessidade do preparo profissional e cultural de pessoas que não podiam frequentar um estabelecimento de ensino presencial.
• Ela evoluiu com as tecnologias disponíveis.
• O ensino a distância foi evoluindo a partir de cartas que comunicavam informações científicas, entre os séculos XVII e XVIII.
• Em 1833 um anúncio publicado na Suécia se referia ao ensino por correspondência.
• E em 1856, em Berlim, foi fundada a primeira escola por correspondência destinada ao ensino de línguas.
• A Universidade de Wisconsin, em 1891, aceitou a proposta de seus professores para organizar curso por correspondência nos serviços de extensão universitária.
• No ano seguinte, a Universidade de Chicago criou uma Divisão de Ensino por Correspondência no Departamento de Extensão.
• O final da Primeira Guerra Mundial trouxe novas iniciativas de ensino a distância.
• Neste período houve um aumento da demanda social por educação.
• A antiga União Soviética, em 1922, organizou um sistema de ensino por correspondência que passou a atender 350 mil usuários em dois anos.
• Outro meio de comunicação passou a ser usado: o rádio.
• Foi bastante explorado na América Latina, nos programas de educação a distância.
• A EaD, após as décadas de 1960 e 70, passou a integrar o áudio e o videocassete, as transmissões de rádio e televisão, o videotexto, o computador e a tecnologia de multimeios, uma combinação de textos, sons, imagens, e mecanismos de caminhos alternativos de aprendizagem.
• Foi com a internet que a que os cursos a distância se tornaram viáveis na graduação e pós.
• A EaD inicialmente foi usada para superar deficiências educacionais, para a qualificação profissional e atualização ou aperfeiçoamento de conhecimentos.
• Hoje também é utilizada em programas que complementam outras formas e é vista por muitos como uma modalidade de ensino alternativo que pode complementar o ensino presencial.
• No Brasil, algumas das experiências em educação a distância iniciaram em 1939, com o Instituto Radiotécnico Monitor (hoje Instituto Monitor) e em 1941 com o Instituto Universal Brasileiro.
Obs: Um dos países que mais investe em EaD é a Austrália. Em várias universidades a proporção de alunos a distância é maior ou igual à de estudantes presenciais.
• Ao longo da década de 1960, o Movimento de Educação de Base (MEB), Igreja Católica e Governo Federal usavam um sistema rádio-educativo: educação, conscientização, politização, educação sindicalista, etc.
• Já na década de 1970, a Fundação Roberto Marinho começou a oferecer o telecurso, programa de educação supletiva a distância para ensino fundamental e médio.
• As aulas eram transmitidas através da emissora de televisão para os brasileiros que precisavam concluir o ensino básico, já que no Brasil a televisão é o principal meio de comunicação, com maior cobertura.
• Entre as décadas de 70 e 80, fundações privadas e organizações não governamentais (ONGs) começaram a ofertar cursos supletivos a distância, no modelo teleducação.
• As aulas eram via satélite e complementadas por kits de materiais impressos.
• Chegava a segunda geração de EaD no país.
• Foi somente na década de 1990 que a maior parte das instituições de ensino superior do país se mobilizaram para a EaD com o uso de novas tecnologias da comunicação e informação (TIC).
• Em 1996 surgiu a primeira legislação específica para educação a distância no ensino superior, a Lei de Diretrizes e Bases na Educação Nacional nº 9394, regulamentada pelo decreto nº 5622, de 2005.
• Neste decreto está especificado que ficam obrigatórios os momentos presenciais para avaliação, estágios, defesas de trabalhos e conclusão de curso.
• Classifica ainda os níveis de modalidades educacionais (educação básica, de jovens e adultos, especial, profissional e superior), e ainda define que os cursos devem ter a mesma duração que os cursos de modalidade presencial.

O QUE É TUTORIA ONLINE
• Existem várias definições para tutoria.
• Também chamada de mentoring, a tutoria é uma relação de suporte, confiança e acompanhamento pessoal e profissional entre uma pessoa mais experiente e outra iniciante entre um estágio e outro do desenvolvimento.
• É um método para efetivar uma interação pedagógica.
• Pode ser entendida ainda como uma ação orientadora global.
• A origem da tutoria remonta à Odisseia, de Homero, e o personagem Mentor, que era um sábio e fiel amigo de Ulisses, Rei de Ítaca.
• Ulisses confiou a Mentor seu filho Telêmaco e sua esposa Penélope quando partiu para a Guerra de Troia.
• Mentor foi responsável pela educação da criança, formação de seu caráter e valores.
• Sua presença era importante quando escolhas críticas tinham de ser feitas.
• No final da jornada, Telêmaco havia amadurecido e Mentor era visto como uma figura importante durante sua jornada da infância à maturidade.
• As características desse personagem fazem parte do papel de tutor (ou mentor) atual: competência profissional, qualidades pessoais como honestidade, empatia, e disponibilidade em escutar e orientar.
• No século XV a tutoria era um método de ensino das universidades.
• Foi no século XX que o tutor assumiu o papel de orientador dos trabalhos acadêmicos, e é com este sentido que se incorporou aos atuais programas de educação à distância.
• Os tutores acompanham e se comunicam com seus alunos de forma sistemática e, entre outras coisas, planejam seu desenvolvimento.
• A tutoria online compreende um conjunto de ações educativas que contribuem para ampliar as capacidades básicas dos alunos.
• O tutor está presente em universidades ou colégios.
• É uma pessoa envolvida na gestão da informação e outras funções.
• Ele observa o problema dos alunos e ajuda, prestando assistência de forma eficaz e imediata.
• Nada impede que um estudante seja um tutor.
Obs: Em relação à educação a distância, outros termos para tutor pode ser: “orientador acadêmico” ou “facilitador”.
• A aprendizagem através de tutoria exige estrutura predeterminada, ou seja, o tutor guia o tutorado com ajuda de um fio condutor que atravessa uma parte linear das disciplinas.
• A tutoria online é uma atividade que acontece por meio de tecnologias de informação e comunicação.
• Pode ser via chat, em fórum ou ainda em ambientes artificiais de realidade virtual.
• A tutoria pode prestar esclarecimentos administrativos, tecnológicos, pedagógicos e teóricos, além de fazer um acompanhamento e avaliação dos alunos.

SISTEMAS DE TUTORIA E REQUISITOS PARA TUTORIA ONLINE
• Os sistemas de tutoria são uma organização institucional de apoio e orientação de estudantes em seu processo de aprendizagem em cursos oferecidos na modalidade a distância.
• Os participantes do processo de tutoria são: a instituição em EaD, o professor e estudante e o tutor.
• A instituição é a responsável pelo ensino.
• O professor e aluno assumem funções específicas na modalidade à distância.
• O tutor representa a instituição, e é responsável por humanizar o processo, relacionando-se diretamente com o estudante.
• O sistema de tutoria compreende um conjunto de ações educativas que contribuem para desenvolver e potencializar as capacidades básicas dos alunos.
Obs: Sistemas de tutoria eficazes apoiam e promovem o crescimento do aluno em cada etapa do processo de ensino. E o tutor é o responsável pelo bom andamento das atividades, seja na modalidade semipresencial ou a distância.

Requisitos para Tutoria Online
Veja alguns dos requisitos para a tutoria online:
• De preferência, o tutor deve ter experiência de ensino e qualificações.
• Por ser online, é imprescindível conhecimentos de internet e familiaridade com a internet e suas aplicações.
• A tutoria online exige do profissional competências similares aos tutores do ensino presencial.
• Mas nos ambientes virtuais, não se deve reproduzir a figura do docente tradicional.
• Sua formação deve ser multidisciplinar e englobar o desenvolvimento de competências pessoais, profissionais e tecnológicas além dos conhecimentos acadêmicos especializados.
• O tutor é um mediador do processo de aprendizagem.
• Ele deve saber usar de forma inteligente os recursos tecnológicos e ferramentas disponíveis para estabelecer uma interação com os alunos.
• Inclusive deve orientar aqueles que ainda não sabem usar esses mecanismos.

TUTORIA PRESENCIAL E TUTORIA ONLINE
• A tutoria presencial é aquela que um grupo de educadores acompanha os alunos presencialmente, com encontros frequentes ou esporádicos.
• O tutor presencial está em contato com o aluno, promovendo interação com os conteúdos, alunos e professores.
• Nesses encontros, o tutor encaminha o processo de contato do aluno com o conteúdo, orientando e acompanhando sua aprendizagem.
• Através da tutoria presencial é possível um atendimento individualizado e em grupo, também facilita a organização de grupos de trabalho cooperativo e colaborativo, e é essencial em aulas práticas.
• A tutoria presencial precisa de um espaço próprio e estruturado, como uma sala de estudos, com computadores conectados à internet, TV, vídeo, material impresso do curso, etc.
• A tutoria a distância (ou virtual) ocorre por meio de tecnologias de informação e comunicação.
• Uma de suas vantagens é a facilidade de contato, já que tutor e aluno não precisam estar no mesmo local para haver uma comunicação entre eles.
• As ferramentas para que esse contato aconteça podem ser: e-mails, listas de discussão, fórum, telefone, chat, entre outros.
• Independente de ser presencial ou a distância, o tutor deve possuir formação específica para o curso.

Comentários

  1. Maria das Dores Silva Ricco

    Desejo participar deste trabalho educativo.

  2. MARIA DE FÁTIMA DA SILVA

    Sou professora universitária há 27 anos da área de Teorias da Comunicação, assim como da área de Marketing, Marketing Pessoal e de MARKETING POLÍTICO.
    Aposentada há dois anos, eu me decidindo por tutoria on line.
    Assim, tenho interesse em informações pertinentes.
    Grata, MARIA DE FÁTIMA DA SILVA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *